Uma antiga Azenha do Sec. XVIII, junto ao rio Estorãos e longe do rebuliço do dia a dia, recuperada com todo o cuidado para preservar as características originais da velha azenha.

Características

  • Aquecimento central
  • Cozinha
  • Estacionamento
  • Fala-se espanhol
  • Fala-se francês
  • Fala-se inglês
  • Jardins
  • Lareira
  • Passeios a Pé

Morada

Estorãos

499 CC

As águas vindas do alto da serra de Arga serpenteiam no meio de pinheiros, vinhas e campos criando pequenos lagos e represas onde trutas e lampreias se escondem de turistas e pescadores. A paisagem é magnífica. O recorte azulado e sombrio da serra contrasta com o verde dos campos e as cores outonais das vinhas e searas criando verdadeiros jardins que pedem muitos passeios e descobertas rurais, em plena região do Minho.

É neste bucólico cenário que podemos encontrar a Azenha do Rei. Podemos encontrar a roda que à força da água do rio Estorãos moveu em tempos a Azenha e produziu toneladas de farinha para fabrico do pão que alimentava esta região.

Na recuperação da Azenha do Rei foram criadas duas unidades totalmente independentes com dois quartos cada. Podendo funcionar em total independência ou em conjunto estas duas unidades possibilitam aos seus hóspedes o usufruto do belo rio Estorãos que com uma represa junto à casa, convida ao descanso e a momentos de lazer e leitura. Para os mais radicais ou desportistas este local paradisíaco convida a subirem as margens do rio ou fazerem caminhadas até á serra de Arga.

As salas e os quartos com as paredes em pedra criam um ambiente rústico muito acolhedor. Móveis antigos e objectos ligados ás lides rurais e de artesanato tipicamente minhoto compõem a decoração de todas as casas proporcionando uma sensação confortável e colorida bem própria do campo.

É bom adormecer no silêncio da natureza e acordar embalado com o ranger da mó nas águas da ribeira tomar um pequeno-almoço com pão fresco e compotas para depois partir à descoberta das surpresas que se escondem na região.