Viana do Castelo

Capital de distrito, conhecida pelo cognome de "Princesa do Minho", Viana do Castelo estende-se entre o mar e o rio Lima, num amplo vale delimitado, a norte, pelo monte de Santa Luzia. A D. Afonso III, que lhe concedeu foral em 1258, deve Viana a sua fundação. Desde sempre povoação piscatória, o mesmo soberano mandou erguer junto à foz uma imponente torre, para afastar da costa os piratas provenientes da Galiza e Norte de África. À pesca associou Viana o comércio marítimo com o Norte da Europa (e posteriormente com o Brasil), tornando o seu porto num mais movimentados de todo o país. A Viana ficou também ligada a grande epopeia dos Descobrimentos, através de personalidades como Gonçalo Velho, um dos primeiros navegadores do Infante D. Henrique, a quem foi confiada a colonização dos Açores ou Fernão Martins (o Mourão), que chefiou uma expedição à costa africana por ordem de D. João II.

Em 1847, um gesto de lealdade do comandante da praça de Viana levou a que a rainha D. Maria II a elevasse a cidade. Resistindo ao cerco montado pelas forças do conde das Antas, sublevadas contra o governo dos Cabrais durante a guerra civil da Patuleia, o comandante da fortaleza dirigiu-se a Lisboa para entregar a chave do castelo à real soberana. Assim, determinou D. Maria que a vila fosse elevada a cidade e se passasse a designar Viana do Castelo e não Viana da Foz do Lima, como até então.

A cidade encontra-se hoje em franco progresso. As suas principais actividades económicas são a indústria naval, a pesca, as indústrias de celulose e de produtos alimentares e, mais recentemente, o turismo.

Viana do Castelo é cidade desde 1848 e vila desde 1258. Antes, era um aglomerado agro-piscatório na margem direita da foz do Rio Lima, descendente dos povoados castrejos dos montes circundantes, particularmente, do de Santa Luzia, onde se conservam restos de um castro, romanizado e ocupado pelo menos até ao séc. IV. Mas encontramos vestígios paleolíticos nos terraços fluviais e praias elevadas do quaternário. No século X, a região foi objecto de presúria pelo prócer galego Paio Vermudes, fundador dum mosteiro que os seus descendentes restauraram em S. Salvador da Torre.

O objectivo do foral de D. Afonso III é o de criar um aglomerado urbano, de expressão mercantil marítima, junto à foz do Lima, concentrando, no morro mais próximo do rio, uma população dispersa pelas quatro "vilas" existentes em redor, e centralizando no município a administração e eventualmente a defesa do termo concelhio.

A muralha, concluída em 1374, tinha inicialmente quatro portas, mas dela só restam hoje escassos vestígios visíveis. Englobava no seu circuito um bairro marítimo e a lage do penedo onde reuniam os "homens-bons" e junto da qual se ergueu a Torre de Menagem. Mas deixava de fora a igreja paroquial, lugares rurais e a piscatória Ribeira. Foi por isso que no século XV se construiu intra-muros (à custa do Penedo do Concelho e da torre) uma nova igreja, dedicada a Santa Maria Maior, que tornou obsoleta a igreja do Salvador e que transformou em Matriz (hoje Sé).

De Viana partiu João Álvares Fagundes à descoberta das terras do Noroeste Atlântico e, como ele, outros navegadores e militares, para o Brasil e para a Índia. De Viana, era o Capitão do Porto Seguro Pero do Campo Tourinho.

Como o comércio e o porto tinham de ser defendidos, D. Manuel fez construir a Torre da Roqueta. A ameaça dos piratas obriga a obras de ampliação no tempo de D. Sebastião, e D. Filipe I fez aí construir a obra integradora que, com poucos acrescentes posteriores, é o Castelo de Santiago da Barra. E foi pela épica resistência às tropas da Patuleia que a Rainha D. Maria II elevou Viana a cidade, por carta régia de 20 de Janeiro de 1848, afectando-lhe ao nome o monumento mais simbólico do seu passado e do seu valor: e Viana da foz do Lima passou a ser, definitivamente, Viana do Castelo.

A recuperação económica do século XVIII tinha trazido novas riquezas, e com elas os solares que embelezam a Ribeira Lima.

No século XIX vai-se prolongando este esforço construtivo de igrejas e palacetes. Mas surge, também, o Teatro Sá de Miranda, e o caminho de ferro veio trazer uma monumental estação (risco de Alfredo Soares) e a bela ponte metálica projectada por Gustave Eiffel. Mas Viana se ainda vive orgulhosa de um passado recente, prepara-se quase de um salto, para entrar no novo milénio, com o pé direito e da melhor forma. É o novo porto comercial, na margem esquerda, dando um outro movimento à zona de Darque e Cabedelo. É a nova ponte a valorizar uma IC 1, imprescindível nas ligações Valença/Viana/Porto. É o polígono industrial e o Ensino Superior. A nova doca de recreio, a Marina, o complexo turístico da beira-rio. É o centro histórico revivendo-se nas ruas velhinhas de séculos. É todo um concelho motivado que se afirma, consciente da sua força e do seu querer.

Sem resultados.

CASA DO CORREIO MOR

Ponte da Barca

Ver Mais

PAÇO DE CALHEIROS

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DO BARREIRO

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DO OUTEIRO

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DA VÁRZEA

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DA LAGE

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DO ANQUIÃO

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DAS TORRES

Ponte de Lima

Ver Mais

Casa do Ameal

Viana do Castelo

Ver Mais

QUINTA DO MONTEVERDE

Viana do Castelo

Ver Mais

CASA DOS ASSENTOS

Barcelos

Ver Mais

CASA DE ALFENA

Póvoa de Lanhoso

Ver Mais

CASA DOS LAGOS

Braga

Ver Mais

CASA DA TOJEIRA

Cabeceiras de Basto

Ver Mais

CASA DAS PAREDES

Fafe

Ver Mais

CASA DE CANEDO

Celorico de Basto

Ver Mais

CASA DOS POMBAIS

Guimarães

Ver Mais

CASA DO RIBEIRO

Guimarães

Ver Mais

CASA DE SEZIM

Guimarães

Ver Mais

CASA DO CAMPO

Celorico de Basto

Ver Mais

Paço de São Cipriano

Guimarães

Ver Mais

CASA DE VILARINHO DE S. ROMÃO

Sabrosa

Ver Mais

CASA DAS TORRES DE OLIVEIRA

Mesão Frio

Ver Mais

CASA DOS VARAIS

Peso da Régua

Ver Mais

CASA DE SANTO ANTONIO DE BRITIANDE

Lamego

Ver Mais

SOLAR SAMPAIO E MELO

Trancoso

Ver Mais

CASA DO CONDADO DE BEIRÓS

S. Pedro do Sul

Ver Mais

QUINTA DE SÃO CAETANO

Viseu

Ver Mais

CASA DE MOGOFORES

Anadia

Ver Mais

CASA DAS TÍLIAS

Seia

Ver Mais

VILA DUPARCHY

Mealhada

Ver Mais

CASA DO CIMO

Fundão

Ver Mais

Quinta da Alcaidaria-Mór

Ourém

Ver Mais

CASA D'ÓBIDOS

Óbidos

Ver Mais

CASA DO CASTELO

Peniche

Ver Mais

CASA DO CRATO

Crato

Ver Mais

CASA DO TERREIRO DO POÇO

Borba

Ver Mais

QUINTA DA PRAIA DAS FONTES

Alcochete

Ver Mais

PALÁCIO DE RIO FRIO

Palmela

Ver Mais

CASA DO ROSSIO

Montemor-o-Novo

Ver Mais

CASA DAS BARCAS

São Roque do Pico

Ver Mais

CASA SANTOS MURTEIRA

Viana do Alentejo

Ver Mais

CASA DAS CALHETAS

Ribeira Grande

Ver Mais

QUINTA DA CALÇADA

Melgaço

Ver Mais

QUINTA DE SANTO ANTÓNIO

Monção

Ver Mais

QUINTA DE CORTINHAS

Arcos de Valdevez

Ver Mais

QUINTA DA PROVA

Ponte da Barca

Ver Mais

QUINTA DO REI

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DA PORTELA DE SAMPRIZ

Ponte da Barca

Ver Mais

QUINTA DA ALDEIA

Ponte de Lima

Ver Mais

QUINTA DA ROSEIRA

Ponte de Lima

Ver Mais

QUINTA DA AGRA

Ponte de Lima

Ver Mais

Quinta do Sobreiro da Facha

Ponte de Lima

Ver Mais

QUINTA DO CASAL DO CONDADO

Ponte de Lima

Ver Mais

QUINTA DA MATA

Chaves

Ver Mais

QUINTA DE PAÇO D'ANHA

Viana do Castelo

Ver Mais

QUINTA DE SANTA BAIA

Ponte de Lima

Ver Mais

QUINTA DE MALTA

Barcelos

Ver Mais

QUINTA DO SOBREIRO

Vila Verde

Ver Mais

QUINTA DE SÃO BENTO

Vila Verde

Ver Mais

QUINTA DO SOURINHO

Barcelos

Ver Mais

QUINTA DE SANTA COMBA

Barcelos

Ver Mais

QUINTA DO CONVENTO DA FRANQUEIRA

Barcelos

Ver Mais

QUINTA DA PONTE DO LOURO

V.N. Famalicão

Ver Mais

QUINTA DE CIMA DE EIRIZ

Guimarães

Ver Mais

QUINTA DA PICARIA

Santo Tirso

Ver Mais

QUINTA DA VEIGA

Sabrosa

Ver Mais

QUINTA DE VENTUZELA

Cinfães

Ver Mais

QUINTA DO TERREIRO

Lamego

Ver Mais

CASA DO REDONDO

Meda

Ver Mais

QUINTA DA COMENDA

S. Pedro do Sul

Ver Mais

QUINTA DE SÃO LOURENÇO

Anadia

Ver Mais

QUINTA DO ALBERGUE DO BONJARDIM

Sertã

Ver Mais

MONTE DA CORTE LIGEIRA

Beja

Ver Mais

HERDADE DE VALE COVO

Mértola

Ver Mais

CASA DA EIRA

Valença

Ver Mais

CASA DA ENCRUZILHADA

Ponte de Lima

Ver Mais

MOÍNHO DE ESTORÃOS

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DO TAMANQUEIRO

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DO MONTE

Barcelos

Ver Mais

CASA DE SEQUIADE

Barcelos

Ver Mais

CASA DO FORAL

Rio Maior

Ver Mais

VILLA DAS ROSAS

Sintra

Ver Mais

CASINHA DE MOZELOS

Paredes de Coura

Ver Mais

QUINTA DA BEMVISA

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DA SERRA - CERQUIDO VILLAGE

Ponte de Lima

Ver Mais

Azenha do Rei

Ponte de Lima

Ver Mais

Quinta do Ameal - Enoturismo

Ponte de Lima

Ver Mais

QUINTA DE CARTEMIL

Ponte de Lima

Ver Mais

CASAS DE PORTO BOM

Ponte da Barca

Ver Mais

QUINTA DE SÃO SEBASTIÃO

Ponte de Lima

Ver Mais

CASA DO CASAL DO CARVALHAL

Amares

Ver Mais

QUINTA DO BARRACÃO DA VILARIÇA

Vila Flor

Ver Mais

CASA DE SANTA CRISTINA

Marco de Canaveses

Ver Mais

CASA DAS RENDUFAS

Torres Novas

Ver Mais

CASA DOS MATOS

Porto de Mós

Ver Mais

QUINTA DAS LAVANDAS

Castelo de Vide

Ver Mais

CASA DA AL-DEIA

Rio Maior

Ver Mais

MOINHO MÓ DA PRAIA

Santa Cruz da Graciosa

Ver Mais

QUINTA DO COVANCO

Alenquer

Ver Mais

CASAS DE ROMARIA

Mora

Ver Mais

MOINHO DO ÁLAMO

Montemor-o-Novo

Ver Mais

CASA DO ALTO DA EIRA

Cuba

Ver Mais

CASA DAS CORES

Mértola

Ver Mais

HERDADE DOS CASTELEJOS

Castro Verde

Ver Mais

CASAS DA CERCA

Odemira

Ver Mais

CASAS DE PEDRALVA

Vila do Bispo

Ver Mais

SOLAR DA BICA

São Vicente

Ver Mais

Casa da Fonte da Tornada

NA

Ver Mais

Casa do Pomar

NA

Ver Mais

Casa do Souto

NA

Ver Mais

Casa de João Fidalgo

NA

Ver Mais