Bem localizada, a Casa do Cimo surge a escassos 2 km do Fundão, no seio da Cova da Beira entre as serras da Gardunha e da Estrela. Casa do século XVIII, com historial associado à história de Portugal e a memória dos feitos de grandes mestres das Ordens Militares de Avis, de Cristo e de Santiago. Nos finais do século XX, a Casa do Cimo é primorosamente recuperada para turismo de habitação, com conforto e serviço de qualidade. Oferece um ambiente harmonioso, com sala de jogos, belo jardim e águas cristalinas na piscina. Esta atmosfera proporciona o regresso ao passado histórico da região, a prova de iguarias da cozinha tradicional portuguesa - o mel, as azeitonas, o cabrito, os queijos e as deliciosas cerejas, um ponto de descoberta das aldeias históricas de Alpedrinha, Castelo Novo, Monsanto, Idanha-a-Nova e Sortelha.

Alojamento

  • 4 x Duplo - Desde 96.00€ / noite
  • 6 x Twin - Desde 96.00€ / noite

Características

  • Biblioteca
  • Bicicletas
  • Caça
  • Estacionamento
  • Fala-se espanhol
  • Fala-se francês
  • Fala-se inglês
  • Jardins
  • Passeios a Pé
  • Pesca
  • Refeições mediante solicitação
  • Sala de jogo
  • Sala para conferências

Localização

Aldeia Nova do Cabo

161 TH

A Casa do Cimo situa-se a dois quilómetros do Fundão, entre as serras da Gardunha e da Estrela, e dispõe de todo o conforto que os ares da montanha pedem.

Conhecida desde o século XVIII como Casa Nobre do Cimo, está desde sempre na posse da família de Luís António Magalhães Taborda da Costa Leitão.

A história desta casa e dos seus proprietários é de uma grande riqueza e está imbuída de feitos ilustres pela família Leitão, que ao serviço dos reis de Portugal de D. Afonso a D. Maria I se ilustraram no reino e fora dele, defendendo a pátria com lealdade e honra.

Foram mestres das Ordens Militares de Avis, de Cristo e de Santiago e também grandes patriotas e grandes portugueses.

Já nos finais do séc. XX, João da Câmara Vasconcelos (Alvaiázere), em cuja posse está esta casa, fez obras de restauro, tornando-a mais confortável.

Actualmente, encontra-se adaptada como unidade de turismo de habitação e obedece às exigências de bem-estar e conforto de pessoas que procuram o ambiente genuíno das tradicionais casas antigas.

Os interiores são harmoniosos e decorados com muito gosto e conforto. Além da sala de jogos dentro de casa, nos jardins, um tanque antigo de pedra e água corrente serve de piscina.

A Casa do Cimo é também um excelente ponto de partida para uma exploração do passado histórico da região, dada a proximidade das aldeias de Alpedrinha, Castelo Novo e a um pouco mais de distância, Monsanto, Idanha-a-Nova e Sortelha.

A gastronomia é variada e atinge proporções de grande tentação, entre as quais o mel, as azeitonas, o cabrito, os queijos e as belas cerejas, que assumem um lugar de destaque.

Para as pessoas que apreciam os desportos de Inverno, a Casa do Cimo é o local ideal para ficar, dada a proximidade da Serra da Estrela.

In Solares de Portugal A arte de bem receber , Edições INAPA, 2007