Na encantadora aldeia de Estorãos, nos arredores de Ponte de Lima, surge a Quinta do Rei. Integrada numa quinta de lavoura, num outeiro junto à ribeira de Estorãos, oferece conforto e qualidade no seio da natureza. O mobiliário da casa encontra-se conservado e conta com peças antigas portuguesas. O recanto mais acolhedor é a cozinha, onde foram mantidos o forno original e as vigas de madeira. O pequeno-almoço de produtos locais é servido em casa todas as manhãs. No exterior, encontra-se um jardim inspirador de bonitas e frescas roseiras. O proprietário, Ernesto Martins Ferreira, acolhe com orgulho os seus hóspedes, aconselhando quanto à realização de passeios a pé, de barco ou de bicicleta, ou no convívio de momentos de belas pescarias.

Alojamento

  • 3 x Apt. x4 - Desde 156.00€ / noite

Características

  • Aquecimento central
  • Bicicletas
  • Caça
  • Estacionamento
  • Fala-se espanhol
  • Fala-se francês
  • Fala-se inglês
  • Golfe
  • Jardins
  • Passeios a Pé
  • Pesca
  • Piscina
  • Sala de jogo

Localização

Lugar da Quinta - Estorãos

487 AT

Situada na pitoresca aldeia de Estorãos, a Quinta do Rei combina o ambiente rústico de uma quinta de lavoura com o conforto da casa recentemente restaurada. Esta é a perfeita paragem para uma família descansar e passear pelas redondezas das serras d'Arga e Cerquido.

Casa rústica de arquitectura minhota dos finais do século XIX, peno da ribeira de Estorãos, encontra-se integrada numa quinta de lavoura.

O proprietário, Ernesto Martins Ferreira, saberá aconselhar os seus hóspedes quanto à possibilidade de realizar passeios de barco ou de bicicleta, além de agradáveis momentos passados de cana de pesca na mão.

A Quinta do Rei eleva-se sobre um pequeno outeiro junto à ribeira de Estorãos e é um edifício de ar senhorial construído no século passado.

O acesso à casa é feito por uma ampla escada com corrimão em cantaria, e a fachada principal conta com um agradável alpendre sustentado por colunas, também de pedra, e percorre toda a casa, proporcionando uma óptima vista panorâmica. O conjunto é todo ele de silhares, parcialmente coberto e caiado, ladeado por dois torreões maciços. No interior da casa foram criados dois apartamentos independentes, equipados com casa de banho e cozinha.

O mobiliário da casa encontra-se muito bem conservado e conta com peças antigas portuguesas e algumas camas com cabeceiras metálicas, combinadas com tecidos elegantes. O recanto mais acolhedor é a cozinha, onde foram mantidos o forno original e as vigas de madeira. Todos os utensílios são antigos, dos bancos aos suportes para pratos. O pequeno-almoço é servido em casa todas as manhãs.

No exterior, encontra-se um amplo jardim salpicado de bonitas e frescas roseiras.

Ernesto Martins Ferreira, amável e comunicativo, não deixa de fornecer informações sobre excursões pelas redondezas.

In Solares de Portugal A arte de bem receber , Edições INAPA, 2007