Em pleno campo de golfe de Ponte de Lima, entre os fairway 3, 4 e 5, surge a Casa do Anquião. Com origem no século XVII, o conjunto edificado integra a casa principal e dependências agrícolas. O solar rural considerado um dos mais belos solares da Ribeira-Lima resulta de um projeto de recuperação para turismo de habitação que permitiu a valorização do edifício, devolvendo a imponência de uma casa marcadamente seiscentista.

O exterior é composto por um pátio de entrada, que conduz aos jardins abertos em grandes socalcos, com piscina e jacuzzi, uma verdadeira varanda aberta para o golfe, um lugar de paragem obrigatória para os praticantes da modalidade. Os interiores da casa oferecem um ambiente acolhedor e confortável, recriando um ambiente familiar. Os apartamentos com piscina proporcionam aos hóspedes uma estadia de qualidade em simbiose com a paisagem do campo.

Alojamento

  • 5 x Duplo - Desde 90.00€ / noite
  • 2 x Twin - Desde 90.00€ / noite

Características

  • Capela
  • Estacionamento
  • Fala-se espanhol
  • Fala-se francês
  • Fala-se inglês
  • Golfe
  • Jardins
  • Passeios a Pé
  • Piscina
  • Refeições mediante solicitação

Morada

Fornelos

7144 TH

Situada num dos extremos do Golfe de Ponte de Lima, a Casa do Anquião ergue-se no horizonte com a imponência própria de um dos mais belos solares minhotos integrados no turismo de habitação. A recente recuperação ajudou a evidenciar a beleza do edifico, marcadamente seiscentista, de cor amarelo-ocre e pedra deixada à vista em algumas das suas paredes, factores pouco usuais nas casas solarengas da Ribeira Lima.

O exterior é composto por um pátio de entrada desafogado, que conduz aos jardins que se alongam em grandes socalcos onde estão situados uma piscina e um "jacuzzi" com vista para o Golfe, um lugar de paragem obrigatória para quem pretende aproveitar ao máximo a sua estadia.

Na sala de entrada do edifício principal, os visitantes mais curiosos têm à disposição a história da casa esculpida à mão, numa arcaica tábua de madeira. Depois, embrenhados na narrativa desta casa, é fácil deixarem-se encantar pelo ambiente acolhedor recriado pelos materiais, acabamentos e soluções originais utilizados para decoração das restantes dependências. Na sala de jantar o requinte é uma constante, onde sobressaem belíssimos tectos em madeira pintada. A sala de estar, além de espaçosa, é confortável e evidencia um grande lagar e uma lareira em pedra. Nos quartos o aproveitamento de espaços é notório, assim como a tentativa, conseguida, de recriar um ambiente familiar.

Os apartamentos não fogem à regra. Dois ladeiam a entrada principal e os restantes quartos estão virados para a piscina, proporcionando aos hóspedes o ambiente propício à paz e ao sossego em plena harmonia e conforto.

In Solares de Portugal A arte de bem receber , Edições INAPA, 2007

HISTORIAL

Um solar rural, a escassos minutos do centro da vila minhota, para umas férias retemperadoras num cenário de rara beleza natural

A cor verde marca o percurso que conduz visitantes e hóspedes à Casa de Anquião. Com uma vegetação abundante e frondosa, a paisagem faz antever, desde logo, um encontro único com a natureza, através de longos passeios pedestres. Situado a dois quilómetros do centro da Vila de Ponte de Lima, aquele projecto de turismo de habitação, de António Victor Gonçalves da Silva, é caracterizado pelo requinte e conforto dos solares do século XVII, oferecendo um ambiente familiar ideal para quem procura momentos de repouso. Ao impulsionador do projecto juntam-se, com frequência, os três filhos Filipe, Diana e Sandra da Silva enquanto anfitriões de estadas que se desejam memoráveis.

Na Casa de Anquião não há desculpas para se adiar os rituais de bem-estar e lazer. Para além de estar inserida num dos extremos do Campo de Golfe, desafiando os aficionados à prática daquela modalidade desportiva, o solar oferece ainda jactos de água e piscina exterior com vista para o campo de golfe.

Constituída pela casa principal, a Casa de Anquião está recheada de recantos que prometem surpreender quem por lá passa: a título de exemplo, refira-se a sala de jantar, espaçosa e requintada, com uma imponente lareira em pedra, para além de belíssimos tectos de madeira pintada. O espaço é ainda constituído por três quartos e quatro apartamentos para duas pessoas.

Em Anquião, a simplicidade dos usos e costumes do mundo rural convivem, em perfeita harmonia, com o requinte que denota a recuperação daquele solar seiscentista. Por isso, não é invulgar os hóspedes cruzarem-se com as gentes locais, desde o padeiro até ao lavrador. Afinal, e fazendo uso do provérbio popular, não há boa terra sem bom lavrador. In: Turismo na Web; 16 de Agosto de 2006 www.turismonaweb.com